quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Reforma do AP

Essa postagem eu to devendo faz mais de 1 ano.
É da reforma do AP onde moramos. É um apartamento dos anos 70, daqueles antiguinhos, mas super amplos e bem ventilados. Ele pertencia aos avós do Caio (marido), e ficou a venda por mais de 1 ano depois da morte da sua avó em 2011. Quando engravidamos do Gael (em 2012), após muitas buscas frustradas por outros apartamentos e casas, todos muito pequenos ou caros, decidimos encarar o desafio da compra e, principalmente, da reforma, que nos deixava mega preocupados.

Compra feita, contamos com a ajuda de um bom engenheiro e de um ótimo mestre de obras, que não só fizeram um excelente trabalho quanto nos deram boas soluções. Foram 4 vagarosos meses de muitas mudanças (no nosso ponto de vista), nada digno de uma Casa Vogue, vamos ser sinceros, mas para nós, foi uma mudança dos anos 70 para o ano 2013, de um apartamento de 50m2 para um de 160m2. Com isso ficamos zerados financeiramente, mas extremamente satisfeitos com o novo lar, que agora está à espera de mais móveis e decorações (e lembranças de viagens).

Na sequência, uma planta de como era o lugar e outra de como ele ficou (em salmão, as parede e ambientes alterados).


Na planta original, havia despensa, quarto e banheiro de empregada.
Na nova planta saiu a despensa entrou o bar. Saiu o quarto de empregada e entrou o atelier. Saiu o banheiro de empregada, entrou o depósito.  
Saíram também azulejos, carpetes, pisos vinílico, louças dos banheiros, marcenaria do closet e armários sob medida, cozinha, forros, 5 portas, encanamentos, tomadas e fiação elétrica antigas, lustres, luminárias e arandelas. Saiu até o janelão da sala. 
Entrou porcelanato, piso vinílico imitando madeira, louças novas para os banheiros, chuveiros, azulejos, metais dos banheiros, duas pias na suíte, cozinha nova sob medida, gesso nos banheiros e lavanderia, encanamento, tomada e fiação elétrica nova, lustres e luminárias, janela blindex na sacada, rodapés, rodatetos, vistas das portas, massa corrida e tinta (ufa! até cansa ler...).

E na sequência, o tão esperado Antes e Depois dos principais cômodos com alterações.











terça-feira, 29 de julho de 2014

Quadro de Paris

Esse quadro eu fiz para uma menina muito especial, com apenas 15 anos, cheia de sonhos e planos, entre eles, o de viajar a Paris um dia.



sábado, 14 de junho de 2014

Aniversário Tema Copa do Mundo

Há algumas semanas, o meu bebê completou seu primeiro aninho de vida. E claro que a pessoa aqui já estava a meses antes pesquisando o tema e tendo mil ideias para a decoração da festa. O tema veio fácil, meu marido quem sugeriu e eu adorei na mesma hora: o que poderia ter de mais especial esse ano para marcar o primeiro aninho do Gael? A Copa do Mundo, claro!

Foi aí que começou minha saga, 4 meses antes da data.

Depois de um intenso trabalho no último mês, aí está o resultado da festa. Toda a decoração foi por minha conta. Minha mãe me ajudou muito na parte de costuras, mais uma vez. Meu habilidoso irmão fez a trave do gol que eu quase chorei quando vi pronta, de tão legal que ficou. Minha "equipe de assistentes" que contou com meu lindo marido, a tia Deborah, a priminha Lívia, o irmão Evandro, a sogra Flávia e o cunhado Everton me ajudaram muito lá no dia para instalar toda a decoração. E fora tantas outras pessoas que ajudaram com as comidas, com o Gael e com a logística do dia. Inclusive os amigos fotógrafos que clicaram essas fotos da decoração, Thiago e Camila.

O dia foi chuvoso e nublado, mas a festa não podia ser melhor, nem mais alegre. :)





































sábado, 24 de maio de 2014

Quarto do Gael

Eu comecei a pensar no quarto do Gael logo que engravidei - com certeza toda mãe (ou a maioria) faz isso. Mas só consegui montar o quarto de fato quando já estava de oito meses. Sim!
Mas não foi uma questão de ser enrolada, quem enrolou na verdade foi o pedreiro, e o pintor, e o instalador do gesso, e o engenheiro, e o pessoal da Caixa... que estavam trabalhando na reforma do nosso novo apartamento e liberação do financiamento.

Pensa numa grávida ansiosa?! Como o quarto não liberava para a montagem, fiquei fazendo pequenos  projetos de almofadas, quadros, protetores de berço e etc. E para falar a verdade, é um quarto em mutação, ele continuou sendo "montado" após seu nascimento, e hoje, 1 ano depois, ainda faço lá minhas intervenções.

Nós imaginamos um quarto colorido, que não ficasse muito com aquele perfil de recém nascido, mas que pudesse ser mantido por pelo menos uma boa parte da infância dele. Por isso, alguns móveis já foram comprados para ficar por lá. O berço foi herança da prima, que agora já está com 13 anos, mas foi pintado de amarelo banana e virou a cereja do bolo do quarto, despertando paixões nos visitantes e até no marceneiro que o pintou. Escolhemos as cores amarelo, azul turquesa, verde limão e branco, com alguns toques de cinza e marrom. Nada foi feito sob medida, garimpamos móveis aqui e ali e o tema principal foi o ELEFANTE. Mas não quis lotar o quarto com elefantes, para não ficar over. O Elefante simboliza a prosperidade e o companheirismo, que são lindos significados para o nosso pequeno herdeiro.

O bom de estar escrevendo esse post hoje, é que tenho certeza que o Gael adora o quarto dele. Pois ele já vai para lá brincar sozinho. E se diverte com tudo o que tem lá. Ele curte e repara cada detalhe. Quando acorda, ele fica olhando os quadros na parede e os brinquedos nos nichos, e sempre quando vou buscá-lo nessa hora, ele me pede algum dos brinquedos que ficam por ali.

Eu também continuo adorando o quarto, é nosso refúgio, nosso cantinho. Ali que eu faço ele dormir, onde {continuo} amamentando, onde brincamos e contamos histórias, e onde, por muitas vezes já dormi também, e até meu marido. Ele é quentinho no inverno e fresquinho no verão. E as estrelas fluorescentes  no teto contam poesias para o Gael adormecer.

Apresento a vocês, o quarto colorido feito com amor para o Gael.